Pesquisar

sábado, 14 de fevereiro de 2015

No e Low Poo - Um jeito diferente de cuidar dos cabelos!

Duas ótimas sugestões de técnicas para cuidar de qualquer tipo de cabelos. Entretanto é mais recomendável para quem tem os cabelos secos, danificados, ou cacheados / crespos. Vou explicar um pouco apenas sobre isso e deixar links para estudo das técnicas para quem tem interesse. 

O Dano que o Sulfato causa nos cabelos



Sulfato (sodium laureth sulfate) é uma combinação de ácido sulfúrico, éster monododecil e sal de sódio misturados, está  presente na maioria dos shampoos, bem como em outros produtos de higiene e beleza (sabonetes, creme dental, removedor de maquiagem, etc). Ele é como um detergente, remove a sujeira do cabelo, entretanto remove também a oleosidade natural do fio, que é responsável pela proteção do cabelo. Ele causa um dano principalmente a quem já tem os cabelos naturalmente ressecados, por exemplo, os cabelos cacheados que já carecem de oleosidade, e o shampoo acaba por retirar o pouco que ainda tem. Por isso hoje em dia vemos cada vez mais indústrias colocando no mercado shampoos sem sulfato (sulfate free). Eles contém surfactantes também para limpeza, mas são mais leves e não danificam tanto os fios de cabelos. É uma opção para as moças que tem os cabelos secos principalmente. 

Surfactantes são produtos químicos que agem como emulsificantes (removem a gordura) e produzem espuma. Surfactantes como o sodium laureth sulfate são os mesmos encontrados em detergentes de lavagem de automóveis, que são utilizados para remover graxas em motores por exemplo, e é exatamente isso que ele faz no nosso cabelo (tira toda a oleosidade - resseca) e também na pele. 

Aqui neste link você encontra um uma lista de shampoos sem sulfato encontrado no mercado hoje. Acesse: Shampoos sem sulfato (surfactantes leves).

Geralmente esse surfactante tão forte estão presentes nos shampoos devido a presença de outras substâncias (petrolatos nos condicionadores, cremes, máscaras etc) que não são retirados facilmente dos cabelos, a não ser com um produtos forte na mesma medida. Para ilustrar podemos afirmar que se nós não usássemos petrolatos nos cabelos não precisaríamos necessariamente usar um shampoo com surfactante tão forte. Aí está o X de toda questão. Os principais petrolatos são:

- Óleo mineral; (Mineral oil).
- Vaselina;
- Parafina Líquida (parafinum liquidum)
- Petrolatum
- Petroleo liquefeito
- Óleo de parafina.


O que os petrolatos fazem em nossos cabelos?


A Resposta é nada! Não hidratam, eles apenas fazem uma maquiagem no fio para ele parecer brilhante e bonito. É como uma dona de casa que passa cera no chão de madeira, ou ainda posso dar outro exemplo. Digamos que você tenha uma mancha na pele do rosto, você passa base, corretivo e pó, a mancha some, mas quando você lava o rosto, você não tratou a mancha, apenas encobriu ela com maquiagem, não é um tratamento. É exatamente isso que fazem os petrolatos. O problema principal deles é que possuem moléculas enormes, e se passados na pele, ela não absorve, fica na superfície. E se passados no cabelo também não, eles são os responsáveis pelos resíduos dos nossos fios de cabelo. São por conta destas substâncias que precisamos as vezes "fazer uma faxina" e lavar com shampoo anti-resíduos. Porque se não o fio não limpa completamente. 

Sabe quando você lava seu cabelo com shampoo normalmente, umas três vezes e não sente sensação de limpeza? Você lava, mas não sente que seu cabelo faz aquele "barulhinho" aqueles "estalinhos" de cabelo bem limpo, pois é moça, seu cabelo tá cheio destas substâncias. E isso impede que ele seja hidratado. Petrolato, o nome já diz, são componentes derivados do petróleo. O que fazer então?

Low e No Poo


O NO/LOW POO são técnicas que priorizam a utilização não só de sulfatos mais leves para a limpeza, como também de substâncias que tratem o cabelo por completo, sem mascarar a saúde dos fios.

Ambas as técnicas foram popularizadas pela cabeleireira Lorraine Massey, em seu livro Curly Girl. Neste livro a cabelereira sugeria a utilização de pouco shampoo (Low Poo), ou abolir o uso completo de shampoos (No Poo). 

A prática de Low Poo, defende a utilização de shampoos com agentes de limpeza de caráter leve, que não agridem a fibra capilar. Substâncias como Betaína cocamidopropyl (Anfótero) e Sulfossuccinato de Sódio de Dioctilo, são mais leves, fazem menos espuma e proporcionam limpeza aos fios sem retirar a proteção natural do couro cabeludo. 

A técnica também defende a utilização de produtos que não contenham em sua fórmula Petrolatos (parafina líquida -óleo mineral-, vaselina). O uso constante de petrolatos deixa o cabelo pesado e mascara a saúde dos fios. É como usar uma chapinha em um cabelo ressecado: ele tem brilho e parece saudável, mas por dentro, carece de substâncias essenciais a sua saúde. Além disso, os petrolatos, criam uma barreira para a absorção de muitas substâncias presentes nos cosméticos.

No No poo, é abolido o uso de shampoos, mesmo os de caráter mais leves. Sendo assim, além dos petrolatos, não utiliza qualquer produto (máscaras, leave-in, condicionadores) que contenham silicones insolúveis em água, pois estes só são retirados do cabelo com shampoo. A lavagem, chamada co-wash é feita com condicionadores que não contenham silicones. 

Sendo assim, a diferença do NO para o LOW poo é que neste último, o shampoo é utilizado com substâncias de limpeza leves e portanto, máscaras, cremes de pentear e demais produtos podem conter silicones que são retirados dos fios com o shampoo. Já o NO POO, por não se fazer a utilização de shampoos, os produtos com silicones insolúveis não são utilizados.

Portanto vamos resumir para ficar um pouco mais fácil compreender:

1 - Não usa-se shampoo com sulfato, ele é substituído por Shampoo sem sulfato (Low Poo).

2. Já que não usamos sulfatos, obrigatoriamente devemos não usar petrolatos também. Nestas técnicas não usa-se Petrolatos! Os petrolatos prejudicam os fios, como já foi citado, e portanto são abolidos, é preciso olhar o rótulo dos produtos antes de comprar; Se você usar shampoo sem sulfato e usar petrolatos seu cabelo vai ficar ensebado e sujo! Não ficará limpo porque a única coisa que remove petrolato é o Sodium Laureth sulfate (sulfato do shampoo).

3. O Low Poo é basicamente isso. Retira-se o Sulfato e retira-se também os petrolatos, é bem simples. 

4 - Para ir além e fazer algo mais radical, existe o No Poo, nesta técnica além dos petrolatos também retira-se o uso de SILICONES INSOLÚVEIS, e não usa-se shampoo. Lava-se o cabelo com Co-Wash. (Lista de silicones insolúveis aqui).

Para saber mais detalhes sobre o método acesse: O que é Co-Wash? / Surfactantes e Sulfatos / Meu Cabelo Natural (loja online que vende produtos livre desses componentes).

Para aprender a técnica é preciso ler bastante sobre o tema e compreender um pouco sobre os componentes para só então iniciar. Espero que tenham gostado!

Um comentário:

Bem vindo ao nosso espaço! Os comentários antes de serem postados, passam por aprovação da moderação. Por isso lembramos aos seguidores que não serão aceitos comentários maldosos, irônicos com tom de maldade, acusações infundadas e ataques diretos e indiretos a Fé Católica e à Moral da Igreja. Salve Maria Puríssima.

"Eu quero que todos vocês meus queridos filhos espirituais, combatam com o exemplo, e sem respeito humano uma santa batalha contra a moda indecente. Deus estará com vocês e irá salvá-los." São Pe. Pio de Pietrelcina

Siga-nos via blogger.com

Total de visualizações de página