Pesquisar

domingo, 24 de janeiro de 2016

O Pecado Mortal e o Pecado Venial na BÍBLIA

Certa vez, quando eu ainda estava na faculdade, uma protestante da minha turma e colega minha disse "Não existe pecadinho e pecadão, pecado é pecado e pronto". Eu disse então que existiam pecados mortais e veniais, e a protestante continuou teimando que não. Ela protestava contra um sacerdote que tinha dito que há uns pecados maiores que outros. Foi uma pena que eu não tinha uma bíblia naquele momento, senão eu teria mostrado a diferença entre pecado mortal (grave) e venial (leve) e que sim, a própria sagrada escritura diferencia-os. Mas protestantes são geralmente assim, infelizmente, escolhem da bíblia o que querem e descartam (ou ignoram) o que não lhes agrada.

Afinal, qual versículo da bíblia que faz distinção entre pecado mortal (grave) e venial (leve)? Eis abaixo:

“Se alguém vê o seu irmão cometer um pecado que não leva à morte, que ele reze, e Deus dará a vida a esse irmão. Isso quando o pecado cometido não leva para a morte. Existe um pecado que leva para a morte, mas não é a respeito desse que eu digo para se rezar. Toda injustiça é pecado, mas existe pecado que não leva para a morte.” (1 Jo 5,16-17).

O versículo é tão CLARO que por mim já finalizava aqui o artigo. Há pecados que levam a morte (morte da alma = MORTAL) e pecados que não levam a morte (da alma = VENIAL). Eis aí a diferença. Ou seja, pecados graves e pecados leves.

O Pecado Mortal:


O Pecado mortal leva a morte da alma, porque é matéria GRAVE, geralmente é matéria grave tudo o que é cometido contra os 10 mandamentos da lei de Deus. Eis alguns que a própria bíblia considera MORTAIS, vou colocar mandamento por mandamento para ficar mais bem especificado e apenas ALGUNS, em outro artigo podemos fazer algo mais detalhado a respeito dos pecados.

1°) Amar a Deus sobre todas as coisas


Deus deve ser amado sobre todas as coisas, assim disse o Senhor nosso Deus: "Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu pensamento (Dt 6,5); e a teu próximo como a ti mesmo." S. Lucas 10, 27

a) Os incrédulos portanto, estão em PECADO MORTAL; Não somente eles como todos os que possuem deuses falsos, estrangeiros (buda, iemanjá, allah, etc). A Idolatria (adorar qualquer coisa no lugar de Deus) é pecado mortal. Êxodo 20, 1-6;  Apocalipse 21, 7-8; etc.

b) Horóscopo, consulta a mortos, superstições, tarô, e toda espécie de adivinhações são pecados mortais. Pois a pessoa crê em algo alheio a Deus, não crendo que Deus somente é que rege sua vida. Portanto quem pratica tais coisas não está amando a Deus sobre todas as coisas. 

c) Falta de Caridade com o próximo (murmurações que venham a causar dano ao próximo são pecados mortais, o mesmo ocorre para a fofoca e malidiscência). 

d) Avareza (idolatria ao dinheiro: Cl 3,5).Etc.

e) Escândalos: pessoas que fazem ou levam outros a pecarem e difamarem a Igreja e os Cristãos (Mt 18.6,7; 1 Co 6.9,10).

f) Blasfêmia contra o Espírito Santo (S. Marcos 3,29).

Etc;

2°) Não tomar seu santo nome em vão.


a) Jurar falso / quebrar promessa feita a Deus; Êx 20,7
b) Blasfêmia; Etc. Êx 20,7

3°) Santificar o Domingo (para quem não entendeu ainda a questão do sábado está respondida aqui neste outro artigo).


a) Faltar a Missas dominicais e dias de preceito (Êx 20,8,10);
b) Fazer trabalhos desnecessários em tais dias.(Êx 20,8,10);

4°) Honrar Pai e Mãe:


a) Desobedecer-lhes; faltar com o respeito; Não auxiliá-los em suas necessidades; Etc. (Êx 20, 12).
b) Insultar ou falar mal de sacerdotes e pessoas consagradas a Deus; (Êx 20, 12).
Etc.

5°) Não matarás


a) Desejar ou apressar a morte de alguém. Êx 20, 13.
b) Alimentar ódio de alguém;
c) Vingança
d) Provocar inimizade entre as pessoas;
e) Aborto (pecado que brada aos céus); Êx 20, 12.
f) Eutanásia; Êx 20, 12.
e) Suicídio; Etc.

6° e 9°) Não pecar contra a castidade; Não cobiçarás a mulher do próximo:


a) Adultério (traição) ou pensamentos e desejos para com outra pessoa senão o seu cônjuge. (S. Mateus 19, 5-9; 1 Cor 6,9; Mateus 5,28; Êx 20, 14-17;

b) Ver filmes indecentes e imorais (ou revistas, livros etc); Mateus 5,28

c) Olhares impuros consentidos; Etc. 1 Cor 6,9; Mateus 5, 28; 1 Cor 6,13

d) Fornicação; 1 Cor 6, 18-20; 1 Cor 6,9; 1 Cor 6,13

e) Sodomitas (homossexualismo), lesbianismo e efeminados (pecado que brada aos céus): Romanos 1, 26-27.

7° e 10°) Não roubarás; Não cobiçar os bens do próximo: 


a) Furtos; Fraude; Não pagar dívidas; desonestidade; Inveja dos bens de alguém; Avareza (idolatria ao dinheiro: Cl 3,5; 1 Cor 6,9;

8°) Não levantar falso testemunho contra o próximo.


a) Calúnia; Mentira; Julgamento temerário; Intrigas; Etc. Êxodo 20,16

Acima estão descritos alguns dos pecados mortais, obviamente podem haver outros que também se enquadrem em um dos dez mandamentos da Lei de Deus. Para quem quer se aprofundar um pouco mais pode acessar este Exame de Consciência para adultos.

Muitos destes pecados a própria bíblia especifica que são mortais


"Acaso não sabeis que os injustos não hão de possuir o Reino de Deus? Não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os difamadores, nem os assaltantes hão de possuir o Reino de Deus". 1 Cor 6,9

"Os tíbios, os infiéis, os depravados, os homicidas, os impuros, os maléficos, os idólatras e todos os mentirosos terão como quinhão o tanque ardente de fogo e enxofre, a segunda morte". Apocalipse 21, 7-8

"Ora, as obras da carne são estas: fornicação, impureza, libertinagem, idolatria, superstição, inimizades, brigas, ciúmes, ódio, ambição, discórdias, partidos, invejas, bebedeiras, orgias e outras coisas semelhantes. Dessas coisas vos previno, como já vos preveni: os que as praticarem não herdarão o Reino de Deus!" Gálatas 5, 19-21

Existem muitas outras passagens que mostram que tais pecados são mortais (levam a morte da alma ou seja a pessoa perde a salvação), mas vamos deixar apenas estas para esclarecer a questão de uma forma simples. Lembrando que todo pecado há perdão (exceto o pecado contra o Espírito Santo), portanto se a pessoa se arrepender de coração sincero e confessar a um sacerdote está livre da pena, mas para isso é necessário arrependimento sincero e mudança de vida, ou de atitude. 

Para que o pecado seja mortal requer três condições:

1º Matéria Grave – Infligir os 10 mandamentos.

2º Conhecimento  – Saber que o ato é pecaminoso.

3º Consentimento (reflexão suficiente) – A escolha pessoal de cometer o delito.

A necessidade da Confissão ao sacerdote


A sagrada escritura também diz, ou melhor o próprio Jesus Cristo diz que os pecados que os sacerdotes não perdoarem NÃO serão perdoados, "serão retidos". O sacramento da confissão foi instituído pelo próprio Cristo logo após sua ressurreição, foi o primeiro sacramento instituído logo após ele ressuscitar. Vejamos abaixo a devida citação bíblica, tão ignorada pelos hereges:

"Disse-lhes outra vez: A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio a vós. Depois dessas palavras, soprou sobre eles dizendo-lhes: Recebei o Espírito Santo, e a quem perdoardes os pecados, ser-lhe-ão perdoados, e a quem os retiverdes, ser-lhe-ão retidos" (Jô 20,22-23).

"A quem não perdoardes ser-lhe-ão RETIDOS." Ou seja, NÃO serão perdoados! Jesus disse isso aos apóstolos, ou seja, sacerdotes. Obviamente Jesus Cristo sabia que eles não iriam viver para sempre, por isso a promessa vale para os legítimos sucessores dos apóstolos.

O Pecado Venial


O pecado venial, como está descrito em 1 Jo 5,16-17, é perdoado com orações, atos de piedade, e até assistindo a Santa Missa. "Se alguém vê o seu irmão cometer um pecado que não leva à morte, que ele reze, e Deus dará a vida a esse irmão". Jo 5,16-17. Ou seja, não precisa de confissão ao sacerdote (não necessariamente, mas é muito bom ter hábito de confessar os pecados veniais). Já os mortais devem ser confessados, pois são graves e levam à morte da alma caso façamos pouco caso deles.

O Pecado venial não nos tira a amizade com Deus, mas aos poucos vai nos deixando mais longe do Senhor, se cometidos de forma consciente. São leves, e portanto absolutamente todos nós temos (até os santos, em menor proporção, mas tem) assim dizem as escrituras: "Em muitas coisas nós todos caímos" (Tgo 3,2). Só a Virgem Maria sendo Imaculada ficou livre de toda mancha de pecado, não por mérito dela mesma, mas pelos méritos e merecimento de Nosso Senhor Jesus Cristo que sendo Deus jamais poderia habitar e se formar em um ventre impuro e pecador. Somos todos portanto, pecadores. "Se dissermos que não temos pecado, seduzimos a nós mesmos e a verdade não habita em nós" (1 Jo 1,8).

Nem por isso todos iremos para o inferno. Ora, Jesus Cristo carregou em suas costas os nossos pecados, e morreu em resgate por todos! Através d´Ele o homem é reconciliado com Deus e pode alcançar sua salvação. A salvação não provém de nossos méritos, mas é puro dom de Deus. Mas a Santa Igreja crê, diferentemente das seitas protestantes, que devemos obedecer o evangelho para alcançar a salvação! Não é somente crer e pronto, pois assim diz a bíblia: "Crês? Fazes bem, até os demônios creem e tremem." Tiago 2,19, e ainda: "Nem todo aquele que dizer Senhor Senhor, herdará o reino dos céus, mas aquele que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus." S. Mateus 7, 21; É portanto imprescindível obedecer o evangelho e estar absolutamente livre dos pecados mortais para alcançar o céu.

A bíblia nos relata uma situação, onde um homem que fez a Jesus esta pergunta:"Bom mestre, que obras boas devo eu, fazer para alcançar a vida eterna?" (S. Mateus XIX-16).

Ora, se bastasse a fé para a salvação, a resposta de Jesus só podia ser uma: "Se queres entrar na vida, basta crer em mim, não é preciso mais nada, crê em mim e serás salvo". Se as obras não são nada para a conquista da vida eterna, não fossem causa nem direta, nem indireta da salvação, se não fosse, entre outras coisas, a nossa maneira de proceder que decidisse a nossa sorte na eternidade, Jesus não daria a resposta que deu. E a resposta do Mestre foi esta:

"Se queres entrar para a vida eterna, guarda os mandamentos". (S. Mateus XIX, 17). "Quais?(Mateus XIX -18), vejamos agora a resposta do Mestre: E Jesus lhe disse:

"Não cometerás homicídio, não adulterarás; não cometerás furto; não dirás falso testemunho; honra a teu pai e tua mãe; e amarás a teu próximo como a ti mesmo." (S. Mateus XIX, 18-19).

Se para a salvação basta a fé, se basta estender a mão para recebê-la, como dizem os protestantes, como é que Jesus impõe tantas obrigações para o homem alcançar a vida eterna? 

Me desviei um pouco do assunto tratado que eram os pecados veniais, mas creio que foi importante. Por que?  Porque é importante sabermos como seremos salvos, se todos pecamos. E isso se deve a não ter pecados mortais, se tiver cometido algum, deve ser confessado ao sacerdote como foi especificado acima, e devemos obedecer o evangelho inteiro, não só o que nos convém! Inteiro! Para ganhar o céu. Pois como dizem as escrituras: "Porque cada um receberá recompensa particular segundo suas obras." (I Corintios 3-8). Portanto elas são sim imprescindíveis para a nossa salvação. 


Quais são portanto os pecados que não levam a morte (veniais)? Pequenas murmurações, pequenas mentiras (que não causam prejuízos ao próximo), impaciências, falta de temperança, querer ser tido por pessoas sábias perante os outros (receber elogios), etc. Tais pecados não levam a morte da alma, pois são leves, e portanto se morrermos com eles vamos para o céu. Mas não devem ser feitos como pouco caso, pois ofendem a Deus como todo pecado. E quem ama a Deus não deve ofendê-lo com o menor pecado que seja. Por isso os santos foram os que mais se aproximaram de Deus, eles evitaram todos os tipos de pecados, até os veniais, e chegaram a níveis altíssimos de santidade. 

Há níveis de santidade, graus mais elevados, assim como há pecados maiores que terão maiores punições


A bíblia especifica que sim, no julgamento alguns pecados merecerão maior punição do que outros (Mateus 11,22,24; Lucas 10,12,14). 

O pecado tem gradação, como se vê nas seguintes expressões bíblicas: “grande pecado” (Êx 32, 30,31; 1 Sm 2, 17; Sl 25, 11; Am 5, 12); “maior pecado” (Jo 19, 11); “muito grande pecado” (1 Sm 2, 17; 2 Sm 24, 10 com 1 Cr 21, 8,17); “muitos pecados” (Lc 7, 47); “multidão de pecados” e “multiplicar pecados” (Ez 16, 51; Os 13, 2; Tg 5, 20).

Uma imagem que esclarece um pouco mais sobre os pecados, eis abaixo:



Há pecados maiores e menores, há também no céu uma hierarquia, como também no inferno.


Certamente todos conhecemos esta frase bíblica abaixo:

"Não se perturbe o vosso coração. Credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Não fora assim, e eu vos teria dito; pois vou preparar-vos um lugar". S. João 14, 1-2

Ou seja, no paraíso há muitas moradas. Cada um receberá no céu a felicidade de acordo com seu nível de santidade aqui na terra. Tantos santos que chegaram a níveis altíssimos de santidade, como S. Paulo apóstolo, S. Agostinho, S. Ambrósio, e mártires da fé, obviamente que eles merecem "moradas" mais altas que nós. Deus sendo justíssimo não poderia ser diferente. Assim como no inferno, todos sofrem horrivelmente, mas uns sofrem mais que outros. Como foi especificado nas passagens bíblicas acima.

Outra prova de que existem pecadores maiores que outros é o próprio Jesus Cristo, que disse isso claramente. Quando ele estava de frente para Pilatos, falou: 


"Respondeu Jesus: Não terias poder algum sobre mim, se de cima não te fora dado. Por isso, quem me entregou a ti tem pecado maior". S. João 19, 11
Veja que entregar Cristo e ser conivente com sua morte (Pilatos) ambos são pecados MORTAIS, graves. Entretanto um pecado (entregar a Pilatos) é maior, como especificou Jesus Cristo. Ora, se um pecado é maior que outro, é óbvio e evidente que no inferno uns serão punidos mais que outros. Ou então, o nível de gravidade não faria sentido existir somente aqui para nós.

E se no inferno existe uma hierarquia e pecados maiores que outros, é óbvio que em se tratando de santidade ocorre o mesmo. Algumas pessoas são mais virtuosas que outras, por isso no céu, há "muitas moradas", e cada um receberá de acordo com suas obras. (I Corintios 3-8).

Espero ter ajudado os seguidores a conhecer um pouco mais da doutrina Católica! E aos protestantes que seguem o blog, eu convido a conhecerem o que a Igreja Católica ensina, pois irão se surpreender muito ao saber que nada do lhes disseram era de fato verdade sobre a Igreja. 


Salve Maria Puríssima.

Um comentário:

  1. AMEI o post, como sempre! Mas esse foi muito esclarecedor! Obrigada.

    ResponderExcluir

Bem vindo ao nosso espaço! Os comentários antes de serem postados, passam por aprovação da moderação. Por isso lembramos aos seguidores que não serão aceitos comentários maldosos, irônicos com tom de maldade, acusações infundadas e ataques diretos e indiretos a Fé Católica e à Moral da Igreja. Salve Maria Puríssima.

"Eu quero que todos vocês meus queridos filhos espirituais, combatam com o exemplo, e sem respeito humano uma santa batalha contra a moda indecente. Deus estará com vocês e irá salvá-los." São Pe. Pio de Pietrelcina

Siga-nos via blogger.com

Total de visualizações de página