Pesquisar

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Modéstia nas Redes Sociais

Quem pensa que modéstia é apenas colocar uma saia, está completamente enganada. Modéstia vai além disso. É um modo de pensar, de se comportar, é um modo diferente de como as pessoas olham para nós.



Na realidade, todas as nossas atitudes influenciam ao nosso redor. Uma moça modesta é caridosa com o próximo, ajudando os homens a não pecarem. É um ato de amor a Deus, nos sentimos extremamente tristes quando vemos Deus ser ofendido por atos humanos, sendo que podemos fazer algo para evitar. (Temos no blog um outro artigo onde falamos sobre o pecado da Imodéstia e sua gravidade. Onde fica explicado por que se vestir de forma imodesta torna-se um pecado para o próximo, bem como para quem usa a roupa imodesta). 

Ou seja, a modéstia nos faz ver o mundo de forma diferente, saber moderar nossas palavras, nossas atitudes, saber que tipo de conversa é inconveniente, em que situação, a modéstia nas vestimentas atua diretamente em nossas atitudes. Não é apenas colocar uma saia e pronto, estou modesta, como num passe de mágica. Isso é muito mais profundo e demora um certo tempo até entendermos a profundidade desta rara virtude. É o que pretendo mostrar neste artigo, que ficou um pouco longo, mas vale a leitura. Utilizo de escritos dos santos como sempre, pois amo muito os escritos deles, que nos deixaram uma preciosidade imensa em questão de moral, virtudes, pureza. Acompanhem. 

A Modéstia tem fim único servir mais perfeitamente a Deus


"A verdadeira devoção, Filotéia, pressupõe o amor de Deus, ou, melhor, ela mesma é o mais perfeito amor a Deus. Esse amor chama-se graça, porque adereça a nossa alma e a torna bela aos olhos de Deus. Se nos dá força e vigor para praticar o bem, assume o nome de caridade. E, se nos faz praticar o bem freqüente, pronta e cuidadosamente, chama-se devoção e atinge então ao maior grau de perfeição". 

São Francisco de Sales - Filotéia. (5)

Começo neste primeiro ponto, que considero o principal. Ser modesta, mudar o guarda roupas assim de um dia para outro, deve ter uma unica finalidade: Servir melhor a Deus e querer agradá-lo, não querer ofendê-lo com o menor pecado que seja. Será que nosso amado Jesus que tanto sofreu por nós, não merece? Falo que isso é o ponto mais importante, por que esta mudança, não dura muito tempo, se não tiver como base Jesus Cristo. Já vi muitas moças aderirem a modéstia por achar legal usar saias, por achar bonito, logo se desencantam e desistem, e isso, em vez de ser modéstia vira pura vaidade e amor próprio. Nossa mudança deve ser recheada de amor a Deus, e coberta de um ardor imenso de perfeitamente agradar a esse Deus que servimos, que vale todos os sacrifícios do mundo. Só o verdadeiro amor a Deus te manterá neste caminho.

A Modéstia Interior

Segundo São Tomás de Aquino, existe a modéstia exterior e a interior. "A modéstia é uma virtude anexa à temperança, e diz respeito a todas as ações exteriores, e – mais especificamente – a maneira e o recato na hora de se vestir".(2)

"Ações exteriores” são os gestos, tom de voz, palavras e toda a maneira de nos expressarmos quando conversamos, nossas atitudes em geral, os divertimentos e entretenimentos que escolhemos.(3) A modéstia nas ações exteriores significa ser calmo e comedido, saber portar-se em público, ter reservas em se mostrar demasiadamente. A modéstia, portanto, refreia o desejo imoderado de destacar-se perante os outros.

O recado na hora de se vestir entende-se explicitamente a roupa que vestimos e nossas escolhas de roupas. O recato diz respeito àquilo que deve estar coberto: são as partes de nosso corpo que devemos proteger, não deixando à mostra para que sirvam de deleite e ocasião de pecado para o próximo. As mulheres, especialmente, podem chamar uma atenção equivocada ou mesmo imoral para si mesmas – através de um vestuário revelador ou insinuante. A modéstia no vestir pressupõe um respeito ao pudor (4): reconhece o corpo como Templo do Espírito Santo, e por isso deixa-o velado segundo as normas cristãs.

Bem, como vemos, modéstia não é apenas colocar uma saia, é uma maneira de se comportar, de se portar, na verdade a mulher modesta reflete no exterior, o que ela tem no seu interior. Se coloca decotes, saias curtas, mostra um desejo desenfreado de querer mostrar o corpo para chamar a atenção. Se é recatada, modesta, mostra que quer que as pessoas vejam suas virtudes interiores e não o seu corpo, quer ser valorizada e não usar o corpo como um objeto. O nosso exterior reflete o interior, deve ser como um espelho. A Modéstia exterior de nada vale sem a interior. 

Testemunho: Antes da minha conversão pessoal


Eu: Daiane, uma das escritoras do blog não considero que tenha sido sempre católica, apesar de ter nascido nesta fé, foi depois dos 20 anos que comecei a praticar. Ainda pretendo colocar meu testemunho completo, mas ainda não o fiz. Porém vou colocar uma pequena parte aqui, de como conheci a modéstia. Assim vou conseguir entrar finalmente no tema das redes sociais, onde as pessoas passam uma boa parte do tempo, e esquecem das virtudes, esquecem da modéstia, esquecem de Deus. 

A Internet hoje é na minha opinião, algo indiferente, que pode servir para coisas boas, ou ruins, depende do uso que fazemos delas. Porém, muitas vezes tem servido como meio de pecado. Quem  nunca abriu o facebook, e deu de cara com aquela senhorita amiga sua, ou colega / conhecida, que tirou foto de bikini, e postou no facebook? Ou então um rapaz que postou foto sem camisa, ou sem mangas para mostrar os músculos? Ou ainda, uma outra que tirou fotos com shorts na virilha e sempre posta fotos com poses, caras e bocas, no facebook, com roupas curtas, decotes baixos? Aposto que muitos homens (e até mulheres), já pecaram alguma vez na vida com um post inapropriado, totalmente inconveniente. Esse pensamento é algo que não tinha antes da minha conversão. Foi então que, refletindo, descurti várias páginas que (até mesmo para denunciar), postavam fotos imodestas, insinuantes, ou ainda páginas mundanas (confesso que descurti quase que 100% das páginas mundanas que eu curtia, por que quase todas postavam alguma indecência, alguma foto escandalosa). 

Para entender sobre isso, aconselho fortemente a leitura dos escritos dos Santos sobre a modéstia dos olhos, mortificação do olhar, e irá entender o quanto os santos eram cautelosos com o que contemplavam, para não deixar entrar nem sombra do pecado em suas almas. Aconselho fortemente a leitura deste artigo que escrevi: Santos Puritanos

Modéstia dos olhos


Assim conta Santo Afonso Maria de Ligório, sobre a vida de São Luís Gonzaga. que nunca olhava para uma mulher e, mesmo em conversa com sua própria mãe, tinha os olhos postos no chão. [6] Um dia, Luís foi enviado a buscar um livro que o Reitor esquecera no seu lugar no refeitório. O jovem noviço ficou indeciso, depois, quase humilhado, teve que se informar onde é que o Reitor sentava à mesa. (...) E na Igreja? Luís mantinha-os olhos fixos sobre uma só imagem (a que escolhia) ou em direção a de um só objeto (o que pretendia contemplar). Nunca permitiu que seus olhos vagueassem pela igreja. [7]

Agora, com tanto pudor, imagina se São Luís Gonzaga iria se expor ao mundo moderno, utilizando o facebook, e achando normal contemplar uma série de moças imodestas, que tiram fotos para se exibir nas redes sociais, ou chamar a atenção do sexo oposto, ou ainda contemplar qualquer imagem que seja que poderia ser objeto de pecado? Confesso que na minha humilde opinião, com tanto pudor, um santo como ele nem se daria o trabalho de ter um facebook! Confesso que é algo que venho refletindo muito ultimamente e pensando seriamente em deletar. Mas é uma opinião pessoal minha. O que queria é fazer os leitores refletirem sobre certos comportamentos nas redes sociais, que não são nada modestos, que fazem as pessoas caírem em pecados, e ofender a Deus. Antes de postar algo pense: Será que isso pode ser objeto de pecado para alguém? Com que propósito estou postando esta foto? Por vanglória, vaidade em me exibir? Por que quero chamar a atenção? Eis aí algumas objeções que queria fazer você refletir, Deus lhe inspirará outras melhores no momento oportuno. Para finalizar a leitura sobre a modéstia dos olhos, aconselho fortemente outro escrito de Santo Afonso de Ligório sobre o assunto, acesse: A Fuga das ocasiões de pecado: um dos mais graves deveres da vida espiritual..

Algumas atitudes reprováveis por parte de Católicos nas redes sociais, listo:




1. Postar uma série de fotos, parecendo um book fotográfico, fazendo biquinhos, com poses, com olhares insinuantes (as vezes nem aparece as vestes, mas pela expressão facial se vê a intenção da pessoa: provocar, e querer elogios). Quando a mulher é casada, pior ainda. Digo o mesmo a respeito dos homens. 

2. Postar várias fotos, por pura vanglória, com a intenção de ser louvada e receber elogios das pessoas. Vamos lembrar de um outra virtude que está relacionada com a modéstia: A Humildade, a qual postarei um texto de São Francisco de Sales a respeito mais adiante. 

3. Falar palavrão, frases obscenas, insinuantes. 

4. Compartilhar imagens indecentes, imodestas, e até mesmo de sexo (pasmem, e não é que estou falando sério?). Várias vezes ditos "Católicos" compartilham este tipo de conteúdo com o intuito de denunciar o ato, uma vez um rapaz postou em um grupo católico um link que dava direto a um site pornô, com a intenção de reprovar a atitude da prostituta. Poxa, mas será que estas pessoas não percebem o contra testemunho que estão dando? A Curiosidade é algo que faz parte do ser humano, quantas pessoas não clicaram no link e ficaram olhando o conteúdo pecaminoso, até mesmo rapazes que muitas vezes tem problemas em vencer o pecado? Não se combate imodéstia postando fotos imodestas, não se combate a indecência divulgando fotos indecentes, mesmo que para denúncias. Lembremos sempre disto. 

5. Qualquer ato de querer chamar a atenção para si, de querer ser louvado, chamar a atenção não é modesto, e deve ser evitado.

A Humildade e como praticá-la - A Humildade nas ações Exteriores 


(Por São Francisco de Sales) (5)

"(...) Assim nós também podemos dizer que a humildade é o terror de satanás, o rei do orgulho, que ela conserva em nós a presença do Espírito Santo e de seus dons e que por isso foi tão apreciada dos santos e santas e tão querida dos corações de Jesus e de sua Mãe. 

Chamamos vanglória aquela que nos atribuímos ou por coisas que não estão em nós, de todo, ou por coisas que estão em  nós, mas não são nossas, nem procedem de nós, ou por muitas outras que estão em nós, são nossas mas não merecem que delas nos gloriemos. A nobreza do nascimento, o favor dos grandes, o aplauso do povo são coisas que estão fora de nós em nossos antepassados ou na estima de outros homens; por que gloriarmo-nos disto? Há pessoas que se sentem grandes por causa de suas riquezas, de seus vestidos pomposos, do brilho da sua elegante equipagem, da beleza dos seus móveis, de seus cavalos; quem não vê nisto a loucura incrível dos homens? Muitos se comprazem de uma maneira vã de si próprios por ter belos cabelos, belos dentes, ou belas mãos, ou certa habilidade no jogo, uma boa voz para cantar, uma certa elegância para dançar. Mas que baixeza de espírito e coração ir procurar a sua honra e coisas tão frívolas! (...) 

Que temos nós de bom que não tenhamos recebido? E se o temos recebido por que nos gloriamos disto? (...) O Homem verdadeiramente humilde gostará mais que os outros digam dele que é um miserável, que nada é e nada vale, do que de o dizer por si mesmo; ao menos, se sabe que falam assim dele, sofre com paciência e, como está persuadido que é verdade o que dizem, facilmente se conforma com esses juízos, aliás iguais aos seus". 

Aconselho também outro artigo sobre a humildade, de Santo Afonso de Ligório e Tomas de Kempis (Imitação de Cristo): Aceitar humilhações por Amor à Deus, é ser verdadeiramente Humilde.

Por fim finalizo este artigo, e espero que tenha sido uma boa meditação para as seguidoras do nosso blog. Somos católicos na Igreja, na casa, no shopping, somos católicos nas redes sociais e nossas atitudes devem ser a de uma donzela Cristã. 

Autora: Daiane P.P.

Salve Maria Puríssima

Fontes:
(1) Tratado da Castidade - Santo Afonso de Ligório
(2)A Suma Teológica de Santo Tomaz de Aquino em forma de Catecismo. Autor: Padre Tomaz Pègues, O.P
(3) A Suma Teológica de Santo Tomaz de Aquino em forma de Catecismo. Autor: Padre Tomaz Pègues, O.P.
(4) Catecismo da Igreja Católica, Edição Típica Vaticana, 2000.
(5) Filotéia ou Introdução à Vida Devota - São Francisco de Sales - Editora: Vozes.
(6) Santo Afonso Maria de Ligório, Escola da Perfeição Cristã, compilação de textos do Santo Doutor, pelo padre Saint-Omer, CSSR, IV Edição, Editora Vozes, Petrópolis: 1955, páginas 44-48).
(7) São Luís Gonzaga e mortificação dos olhos

4 comentários:

  1. Quero parabeniza-las pelo blog, e pela página no facebook. Me alegro em ter na Igreja mulheres como vocês. Tenho um blog de evangelização para mulheres e até citei sua página como referencia de modéstia, algumas leitoras do meu blog gostaram muito de conhecer vocês. Que Deus abençoe vocês, e que a exemplo de Maria possamos prosseguir decididamente.

    Fabiana
    blogparaprincesas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá! Faz ainda pouco tempo que fiz a opção de mudar minha vestimenta para roupas modestas e, confesso, tem sido um tanto difícil encontrar, adequar, ou mesmo definir, o que é modesto. Mas posso lhe dizer: nunca me senti tão livre como agora. Vale à pena. Mas realmente, mais difícil do que mudar as roupas, é mudar o comportamento, as atitudes e pensamentos, mas estou lutando e assim continuarei a fazê-lo.
    Quanto ao facebook, já fechei minha conta faz um tempo e não tem ideia do quanto isso me fez bem. Recomendo!!!
    Deus a abençoe e que a Virgem Maria guie seus passos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      Que alegria saber que está mudando e já deu bons passos! O ter comportamento mais sóbrio e a busca por ser humilde e mortificada é praticamente impossível sem o auxílio de Deus, porque nossa pobre humanidade sempre tende à vaidade, mas pedindo o auxílio de Sua Mãe, o "vinho" nos será dado como em Caná, contanto que nós façamos o que Jesus quer de nós, ou seja, darmos o primeiro passo para que Ele nos socorra e realize o milagre da conversão.
      Parabéns pela determinação... que Nossa Mãe a auxilie e converse os bons propósitos!

      Reze por nós!
      Fique com Deus.

      Excluir
  3. Parabéns pelo blog, ele é realmente encantador, nos ensina fazer uma bela reflexão aos nossos comportamentos atuais, nos motiva uma verdadeira mudança de vivência como cristã católica.

    ResponderExcluir

Bem vindo ao nosso espaço! Os comentários antes de serem postados, passam por aprovação da moderação. Por isso lembramos aos seguidores que não serão aceitos comentários maldosos, irônicos com tom de maldade, acusações infundadas e ataques diretos e indiretos a Fé Católica e à Moral da Igreja. Salve Maria Puríssima.

"Eu quero que todos vocês meus queridos filhos espirituais, combatam com o exemplo, e sem respeito humano uma santa batalha contra a moda indecente. Deus estará com vocês e irá salvá-los." São Pe. Pio de Pietrelcina

Siga-nos via blogger.com

Total de visualizações de página